“A diversidade e a complexidade das Artes do Circo constituem um ponto de partida de qualquer reflexão, e simultaneamente são geradoras de grande dificuldades para estudos aprofundados na temática. Cotidianamente nos deparamos com novas possibilidades artísticas, com inovadoras formas de apresentar os conhecimentos circenses, bem como com modalidades e práticas ainda pouco estudadas e divulgadas.

No primeiro volume do livro Introdução a Pedagogia das atividades circenses abordamos de modo introdutório, dez modalidades (perna de pau, monocilco, báscula, etc.) Nesta oportunidade, buscando ampliar o debate, abordamos outras sete modalidades, ainda voltados para os conhecimentos elementares. Nosso compromisso também foi o de colocar ao serviço dos artistas e pedagogos das Artes do Circo conhecimentos sofisticados e atualizados, sem que os saberes clássicos sejam esquecidos ou desqualificos.

Dedicamos ainda, parte deste segundo volume, para discutir alguns aspectos formais e teóricos deste segmento artístico, saberes que permitem uma marior contextualização, visão crítica e educativa, e, desta forma, a consolidação de um campo de conhecimento, denominado Circo. Uma Arte que, a nosso ver, pode e deve ser tratada com o mais profundo respeito pela ciência.

Convidamos a todos, ao segundo ato do nosso espetáculo pedagógico circense, carregado de muita serragem, pipoca, palavras e alegria.”

Modalidades circenses abordadas neste livro: Malabares-passing claves; Mastro chinês; Lira; Arame fixo; Trampolim acrobático; Roda alemã; Equilíbrio de objetos; e mais textos sobre: Jogos circenses como recurso pedagogico; O palhaço e o Circo-Teatro; Segurança no circo; Circo Social Brasileiro, da ação social educativa a produção artística;  Circo-Teatro é teatro no circo; construção artesanal de objetos e propostas.

Referência Bibliográfica: Introdução a pedagogia das atividades circenses Volume II: Marco Antônio Coelho Bortoleto (org.) – Jundiái, SP – Fontoura 2010.

Comente aqui!